Marketing de Conteúdo: Dicas Para Conquistar Mais Clientes

Marketing de conteúdo é parte de uma estratégia de marketing digital, mais especificamente de Inbound Marketing, utilizada com o fim de conquistar maior visibilidade, gerar valor para o seu público e, por fim, alavancar seus resultados.

Mas não se deve ser enxergar apenas com este intuito.

O legal do Marketing Digital é que a informações estão todas à disposição.

Se você quer aprender, não tem segredo nem desculpas.

Precisa de disciplina, curiosidade e vontade, claro!

Não tem desculpas pois existem vários cursos de Marketing Digital.


1. O que é Marketing de Conteúdo?

Além do intuito de aumentar o tráfego e conversões, marketing de conteúdo nada mais é que contar histórias – o famoso storytelling – e, desta forma, é tão importante para a sua estratégia de marketing digital.

Não só por poder ser a porta de entrada para conhecerem o seu serviço, mas por permitir que, ao contar histórias, você dê um valor emocional, e como resultado, seus clientes virem fãs.

Para simplificar, o marketing de conteúdo é:

  • Uma forma de educar seus consumidores;
  • Engajar com seu público-alvo;
  • Aumentar sua rede de clientes e potenciais clientes;
  • Criar conteúdo relevante e com valor.

Vale lembrar que essa estratégia acaba tendo um resultado a longo prazo.

O marketing de conteúdo pode assumir vários formatos como notícias, vídeos, e-books, podcasts, posts de blog, artigos, infográficos, entre outros (depende da sua criatividade e de como o seu público mais interage).


2. Por onde começar com a Estratégia de Marketing de Conteúdo?

Por mais que pareça fácil para nós falarmos, é super complicado entender como começar, não é mesmo? Não se preocupe, nós separamos uma lista de pontos que você deve seguir para acertar na criação dos conteúdos.


Criação de persona: Qual o perfil do seu público?

Buyer Personas são personagens/perfis fictícios super importantes para ajudar sua empresa a entender quem é o seu público-alvo de maneira mais assertiva.

Para definir suas personas, você tem que explorar ao máximo o perfil dos seus clientes atuais. Após isso, você deve criar sua persona que corresponderá a esses perfis que serão seus potenciais clientes.

Além de entender quais são esses perfis de clientes que você quer/precisa atrair para seu site, a definição de persona é super importante para sua empresa entender em qual estágio seu público está, para que assim, esses conteúdos sejam planejados de forma que corresponda com esses momentos.

Nem todo mundo está pronto para converter, e precisamos saber qual é esse momento para que nossos esforços não sejam em vão.


Conteúdo: Qual formato utilizar?

Você já sabe qual o perfil do seu público, agora você pode produzir o conteúdo no formato mais adequado para ele.

Ex: Você construiu a persona e entendeu que seu público tende a interagir mais com conteúdos visuais, então você pode usar infográficos, vídeos, ou um conteúdo com muitas imagens.


3. Como aplicar o Marketing de Conteúdo?

Na hora de construir o conteúdo, é fundamental ter um processo de criação e uma estratégia por trás. Desde a escolha do tema até a divulgação do conteúdo publicado.

Com a persona definida, trace uma estratégia em cima de quais são os conteúdos importantes para o seu público-alvo e os conteúdos que seus concorrentes postam.

Uma dica é pensar nas dores daquela persona para falar diretamente com ela e atingir o problema exato, trazendo uma solução (o seu negócio).

Feito isso, é hora de começar a produzir o mesmo e alguns pontos são mais do que importante:

4. A escolha de palavras-chave é SUPER importante!

Você deve definir a palavra-chave principal do seu texto. Isso é importante e faz parte da sua estratégia de conteúdo, que além de engajar o seu público, reforçará as ações estratégicas de otimização do seu site.

Você poderá fazer a pesquisa de palavra-chave pelas ferramentas do Google, como mostraremos no exemplo abaixo.

Para que fazer essa pesquisa?

Com as pesquisas, você conseguirá entender como as pessoas buscam sobre certo assunto nos buscadores, sendo muito mais assertivo na hora de criar seus títulos. Saberá quais termos estão sendo mais buscados e conseguirá escrever por assuntos que sejam mais relevantes para esse público.


5. Otimização do conteúdo!

O SEO é responsável por cooperar com a indexação do seu site, fazendo com que os robôs do Google entendam sobre o que você fala e ranqueiem melhor suas páginas (precisamos falar que além do Google, existem outros buscadores como o Yahoo, Bing, etc).

Por isso, é extremamente importante o conteúdo ser relevante. Além de ser aplicada a palavra-chave mais relevante para seu conteúdo, é necessário fazer otimização completa da página: inserção de titles, descriptions, alt nas imagens, linkagem interna, aplicação de texto âncora, etc.

Otimizando bem seu conteúdo ele terá bom posicionamento no Google, e consequentemente novos visitantes.


6. Sempre usar o Call To Action

O call to action é uma chamada em formato de link, botão ou frase que incentiva o visitante realizar uma ação especifica no site. Ex: baixar um e-book, direcionar o visitante para uma página de oferta, etc.

É essencial usar o CTA a seu favor! Então, seja criativo e atraia o seu visitante da melhor forma possível.


7. Manter uma comunicação com seu público!

Não pense que a estratégia acaba quando publicamos o conteúdo. Não deixe de se relacionar com o seu público, mantenha seu blog atualizado – crie um calendário de postagem para existir uma frequência – e sempre interaja nas redes sociais.

Bom, agora você já sabe um pouco mais sobre  o que é marketing de conteúdo e como dar os primeiros passos para construção de um bom texto, comece o seu planejamento.


Se você quer conversar conosco para entender um pouco mais sobre como elaborar a melhor estratégia, para que seus resultados sejam alcançados da melhor forma possível, focado no seu cliente, fale com um de nossos especialistas.


8. A importância de quantificar uma Estratégia de Marketing de Conteúdo

Sendo engenheiro de formação, uma das coisas das quais sinto mais me falta em palestras, workshops e blogs, é a quantificação das ideias propostas.

Todo mundo falando da importância do ROI, do retorno sobre o investimento.

Todo mundo falando que precisa escrever um conteúdo, que precisa revisar antes de postar e depois publicar e republicar, engajar, etc, etc, etc.

Mas quantos profs e palestrantes te dizem exatamente como quantificar a avaliar a viabilidade de uma estratégia de Marketing Digital?

Se você quer implementar uma estratégia de Marketing de Conteúdo, como você faz para definir a quantos posts precisa escrever por mês? E a frequência de divulgação?

Eu gosto de pensar que na maioria das vezes estas informações não querem ser passadas pois são o diferencial do planejamento assertivo de uma empresa, como fosse um segredo patenteado.

Acredito também que tem muitos casos em que estas informações são simplesmente desconhecidas. Ainda mais no mundo Startup onde vive-se de teste, então é muito fácil cair na zona de conforto do over-planning na base de Excel e Power Point.

Mas sem um embasamento concreto destas questões estratégicas, não seria demasiadamente fácil escrever um artigo lindo? Qual e a distância entre fácil e banal?


9. Site de Conteúdo populistas estão nas primeiras posições do Google.

Tente inserir no Google: estratégia de marketing digital, ou, como aumentar o número de visitas no meu site, ou como aumentar os meus seguidores nas redes sociais.

Leia os primeiros artigos, e depois me fale, aqui nos comentários embaixo, qual é a diferença substancial entre eles.

Não será que as informações dadas são muito parecidas, se bem escritas com palavras e imagens diferentes?

Seja claro, não sou contra este tipo de posts.

Estes sites lideram pois têm um monte de seguidores. Isso significa que chamam atenção e interesse e oferecem o que o usuário está procurando.

E claramente por ter um ótimo ranqueamento orgânico, quem está por trás destes sites conhece bem o mundo SEO.

O meu ponto é que as vezes estes Blogs vendem sonhos utópicos generalistas. …ou populistas…para usar uma palavra na moda hoje em dia. Sabe aquela história em que você por instinto se torna mais amigo das pessoas que falam o que você gosta de ouvir?

É ou não é zona de conforto? De novo, nada contra a zona de conforto. Eu adoro assistir um filme splatter de série B dos anos 80….é a minha zona de conforto…rs Só precisa estar ciente disso.


10. Como fazer para saber se uma estratégia de Marketing de Conteúdo dá certo

O legal do Marketing Digital é a possibilidade de quantificar.

Digital vem do latin Digitus, que significa Dedus. Indica a possibilidade de quantificar, contar.

Se você não consegue quantificar o que você está fazendo, você não está fazendo Marketing Digital.

Veja este mini vídeo, no canal youtube da NoTopo, onde explico a diferença entre Marketing Digital e Marketing de Internet.

A possibilidade de quantificar é o grande diferencial se comparamos o Digital com o Marketing Offline que é puramente analógico. Você sabe a diferença entre analógico e digital no mundo do marketing?

Gostaria de ler um artigo sobre isso? Deixe um comentário aqui embaixo.

Então qualquer coisa que fizermos no mundo Digital precisa ser quantificada.

Ah, mas como posso quantificar a qualidade de um post lindo? Você pode usar o histórico de posts parecidos aos seus, ver como eles se comportaram.

Como resultado você cria uma hipótese para você, hipótese que irá testar, e conforme os resultados que receberá, você irá ajustando estas estimativas.


11. Como quantificar a viabilidade de um projeto de Marketing de Conteúdo

Imagine que você está pensando em criar um Blog.

Primeiramente, na hora de definir sua Estratégia de Marketing Digital, estabeleça seu objetivo SMART:

Objetivo SMART - Estratégia de Marketing

Vamos partir das vendas.

Por exemplo, você quer fechar 3 contratos /mês.

Quantos leads qualificados precisa gerar para fechar estes contratos?

Ou seja, qual é a sua taxa de conversão no seu processo de Venda Consultiva?

Como você faz para saber a sua taxa de conversão comercial?

Ou você tem dados históricos como base para esta estimativa, ou você pode calcular na base de um estudo feito com outras empresas que vendem um serviço parecido ao seu.

Este estudo chama-se Benchmarking e cada empresa que você avalia chama Benchmark. Se você acha que não há empresas que oferecem o mesmo serviço, procure empresas com caraterísticas parecidas.

Se você acha que não existem empresas com caraterísticas parecidas, você não tem claro o seu negócio. Einstein vivia dizendo que nada se cria, tudo se transforma.

A lei da conservação da energia aplica-se ao Marketing Digital também, então cada novidade que vemos por ai, nada mais é que a combinação de antigos elementos (pegando o gancho de uma  frase do Jamess Webb).


12. Voltamos aos leads

No começo a estimativa da necessidade de leads qualificados pode ser teórica e você irá validá-la com o tempo.

É preciso começar por algum lugar.

Imagine que a sua taxa de conversão comercial seja 10%, isto é, por cada 10 contatos, você fecha um contrato.

Para fechar 3 contratos por mês com uma taxa de conversão comercial do 10% significa que você precisa gera 30 leas/mês.

Certo?

Agora precisa estimar quantos conteúdos /mês precisa produzir para gerar estes 30 leads/mês.

Imagine que você gera 10 comentários por cada conteúdo que você produz e você chega a falar dos seus serviços para 3 pessoas das 10 que comentaram.

Podemos dizer que você gera em média 3 leads/conteúdo. De novo, se não tiver estes dados históricos, pode pesquisar no Google mesmo a média de geração de comentários e contatos por tipo de post do seu segmento. Esta poderia ser a sua meta de número de leads gerados por conteúdo.


13. Quantificar uma estratégia para quem começa do zero

Se você está começando do zero, sugiro reduzir este valor como contingência do fato que você, por não ter histórico, provavelmente, nem tem uma base de seguidores.

Base que você precisa criar.

Até então, se por exemplo a taxa de contatos gerados por post no seu segmento é de 3 lead/post, você pode pensar em 0,03 leads por post.

Ou seja, precisa produzir por volta de 100 post para gerar 3 leads.

O que significa que precisa produzir 1,000 posts/mês para gerar os 3 contratos/mês que você tinha como objetivo.

Para piorar as coisas, pense que você vai precisar em média de 3-3,5 horas para produzir e otimizar e subir cada conteúdo bonitinho com imagens e tags.

Depois considere cerca de 1 horas para divulgação e compartilhamento do post.

Considere mais 1 hora para interação com as pessoas que respondem ao seu post. Vai dar mais de 5 horas por post, o que dá 500 horas para gerar 3 leads e 5,000 horas/mês para gerar 3 contratos….acho que um mês nem tem 5,000 horas a disposição.

Sem contar que se você está começando com o novo site, provavelmente o seu post vai precisar de tempo para começar a ranquear e ter uma autoridade no Google. Então?


14. Começar do zero uma estratégia de Marketing Digital para geração de leads a curto prazo é completamente inviável.

Também, é fácil falar que dá certo para quem está no patamar de geração de 100 e mais leads por posts.

Mas estes caras ralaram para chegar até lá e sinceramente é justo que esteja onde estão.

Mas se você começa agora, não se iluda meu amigo, o Marketing de Conteúdo vai dar resultados no médio e longo prazo.

E depois são resultados estáveis, claro, mas precisa chegar até lá.

E este tempo dificilmente demora menos de 6 meses.

Você dirá: Ah, mas eu li que Fulano conseguiu 1,000 visitas no primeiro post! Eu respondo: o homem foi até a lua (foi mesmo…rs?), mas estes são casos fora da curva e aqui estamos estabelecendo metodologias, então estamos completamente dentro da curva.

Exatamente para ser realistas.


15. Como atingir um objetivo de Marketing Digital a curto prazo?

Se você tiver um objetivo a curto prazo, começando do zero, não tem saída: Links Patrocinados. Adwords ou Facebook Ads (que inclui anúncios no Instragram também).

Claro, mesmo implementando estratégias de Links Patrocinados, as campanhas precisam ser otimizadas para reduzir o custo por clique.

Mas no final você compra o clique, então, dependendo do seu ticket médio, você pode ser agressivo no curto prazo.


Você precisa de ajuda para definir e implementar sua Estratégia de Marketing de Conteúdo?

Entre em contato com um dos nossos consultores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *