Lead Tracking da RD Station – Hack para solucionar os Bugs

lead tracking

A plataforma RD Station marketing tem uma funcionalidade muito interessante que é a funcionalidade de Lead Tracking.

O que ela faz: ela rastreia o comportamento dos leads que estão na lista dentro do site e nas Landing Pages que podemos criar.

Você pode ler o artigo ou, se preferir assistir o vídeo que segue:

Então, por exemplo eu posso criar uma segmentação de todas as pessoas que acessaram uma página x, ou as páginas que falam de determinado assunto, ou que acessaram uma Landing Page, e posso fazer uma comunicação específica para essas pessoas.

Posso usar o Lead Tracking tanto na questão das segmentações, mas também no Lead Scoring, ou seja, dar notas; dois ou três, por exemplo, para as pessoas que acessaram essas páginas.

Então por exemplo, eu consigo acumular notas para pessoas que acessaram algumas páginas e quando essas pessoas chegaram à nota, sei lá, 10, 15, dependendo do que eu vou estabelecer, aí eu posso criar uma comunicação para elas ou até mandar para o comercial.

Então, essa funcionalidade é muito legal, o problema é que a gente identificou dois bugs referentes a essa funcionalidade da RD Station.

Um bug técnico e um bug de usabilidade, o de usabilidade não deixa de ser um bug, porque não adianta ter uma ótima funcionalidade se o uso dela não é intuitivo.

Vamos ver, primeiramente, o bug técnico: a gente entra em Lead Tracking,

obviamente, você precisa de uma conta pro para poder usar essa funcionalidade, então a gente pode ver com o bug técnico que RD Station não atualiza as URLs, o que isso significa, por exemplo, todas essas páginas não existem mais, porque a gente não usa mais www   

 na frente da nossa raíz, a gente vai direto para notopo.com.

Eu posso até ver que têm algumas URLs com o mesmo conteúdo só que não é realmente isso que acontece.

O que acontece é que a RD Station não atualiza o conteúdo da URL.

Então, por exemplo, se atualizar a mesma URL 10 vezes, a RD Station, ao invés de atualizar na mesma URL, ela vai registrar como se fossem 10 URLs com o mesmo conteúdo.

Isso poderia até dar um problema na análise de SEO que a RD Station faz porque ela registra, como se tivessem, digamos, dez páginas com o mesmo conteúdo, simplesmente a RD Station, neste exemplo citado acima, não atualizou.

Esse aqui portanto é o primeiro bug que a gente encontrou, tem várias URLs com o mesmo conteúdo que parecem ser duplicadas, mas na verdade não são duplicadas, simplesmente é um bug da RD Station.

Outro problema citado é de usabilidade. Vamos ver o que que isso significa na prática: então, imaginemos que eu queira uma segmentação de todas as pessoas que acessaram esta página.

Eu crio a minha segmentação teste e aí vou começar a colocar os filtros de Lead Tracking.

O mais intuitivo, ao meu ver, seria pegar a URL ou parte dela, colocar na busca desta maneira,

e identificar na lista essa URL, só que a resposta de RD Station, neste exemplo, foi página não encontrada, mas não fala o porquê. E aí a gente achou estranho. Por que isso é mais intuitivo? Porque dessa forma trabalha o Google, dessa forma trabalha o WordPress, então todas as pessoas que usam a RD Station, provavelmente têm uma familiaridade com o Google e com o WordPress, então essa aqui seria a parte mais intuitiva. Essa URL não aparece, então poderia significar que ela não está, digamos, na lista das páginas rastreadas pelo RD Station.

A gente tentou entrar em contato com a RD Station para pedir uma ajuda, e recebemos duas respostas que não nos convenceram e por este motivo a gente foi tentando analisar por nossa conta o que está acontecendo.

A primeira resposta foi que essa URL não aparece porque, segundo eles, o código da RD Station deveria ser implementado em todas as páginas para ele poder rastrear. Ok, a gente sabe disso, mas por ser um site WordPress, obviamente isso já acontece.

É bem simples colocar o código da RD Station dentro de um site WordPress: é só colocar no header, ele já vai automaticamente para todas as páginas.

Você não precisa colocar novamente todas as páginas, então provavelmente quem fala isso não está atualizado sobre WordPress.

Outra explicação que nos foi dada é porque a RD Station rastreia essas páginas só a partir da primeira vez em que um dos leads da lista entra nessa página.

O que parece estranho, mas aí a gente foi ver que têm leads que obviamente entraram nessa página, mas a página ainda não aparece

A gente tentou analisar e entender o porquê isso acontece. Na verdade, a explicação é simples, e como eu falei, é um bug de usabilidade. Simplesmente a RD Station não pega pela URL, ela pega pelo título de SEO 

Em alguns casos, por exemplo, se eu pegar somente uma parte, aparecem duas,

uma está com NTP, o nome antigo da NoTopo, ou seja, ele não atualizou, e outra está com Notopo.com. Simplesmente a mesma URL com dois títulos diferentes. Então como é que eu sei qual delas que vou usar ?

Obviamente posso pegar por aqui 

mas aí é outra coisa, se eu atualizar essa URL a RD Station não atualiza de forma imediata, demora um tempo. Então, o jeito melhor é manual mesmo, entrando na lista das URLs de Lead Tracking por aqui,

e aí eu consigo ver nessa lista todas as URLs rastreadas pela RD Station, volto a mostrar no exemplo que tem um monte que não existem mais 

aí eu coloco esse título aqui dentro,

e vejo qual é a URL. Caso apareçam várias eu preciso ver qual delas que funciona, para poder entender qual delas eu vou colocar na minha lista. Você tem que fazer essa triagem porque se eu colocar diretamente o título aqui dentro,

ou parte do título dentro desta opção, ele pode puxar uma URL que não existe mais, porque, volto a falar, se a gente tira a URL do site do ar, a RD Station não vai, automaticamente, tirar a URL do database dela, então poderia criar uma segmentação para páginas que não existem mais.

Resumindo, temos esse bug técnico de repetição de versões, ou seja, quando eu atualizo uma página, uma URL, a RD Station, ela acaba registrando todas as versões da mesma URL como se fossem URLs diferentes, trazendo também uma duplicidade de conteúdo que a gente não está tendo.

E outra coisa, quando a gente usa o filtro de Lead Tracking dentro da criação das segmentações, mas vale também dentro da criação do Lead Scoring, a gente não procura pela URL, mas pelo título, aquele título do SEO, ou seja, aquele que a gente configura.

Aí já seria mais técnico de colocar o que seria o title, o tag title, 

que aparece no Google. Só que na maioria das vezes a parte do título H1 é parte do título da tag do title, então fazendo essa pesquisa a gente encontra. Essa aqui é mais uma ambiguidade que a gente tem simplesmente por não usar a URL, se a gente usasse a URL na pesquisa,

se a plataforma tivesse essa característica, eu não teria a duplicidade e não teria esta ambiguidade entre o título do conteúdo e o title tag.

Então, o fato de ter um bug nessa funcionalidade significa que essa funcionalidade não é muito usada, o que corrobora o fato de que a maioria das pessoas ainda, hoje em dia, usam a RD mais para fins de puro e-mail marketing, e não para fim de estruturação de lista e de um trabalho de Inbound Marketing.

Então é isso, o Lead Tracking é uma funcionalidade muito interessante e neste post a gente aprendeu quais são os bugs que a RD Station Marketing possui e como contorná-los.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *